O diretor do Centro para Medicina Regenerativa e Engenharia da Universidade de Indiana, Chandan San, é o líder de uma equipe de pesquisadores responsáveis pela criação de um tecido que é capaz de diminuir fortemente as capacidades de infecção do coronavírus.

A criação vem da descoberta de que a Covid-19, usa forças eletrostáticas para possibilitar a infecção. Para barrar essas forças, os pesquisadores colocaram pontos circulares de zinco e prata elementar no tecido de poliéster da máscara, já que a combinação desses elementos resulta em um campo elétrico enfraquecido que bloqueia a capacidade de infecção quando expostos à umidade. Mas não é só isso!

A ideia é também ampliar o uso dos elementos para vestimentas, por exemplo, evitando ainda mais a chance de infecção.

Via: Indianapolis Monthly

Vale ressaltar que esses elementos são inofensivos ao organismo humano.


Compartilhando noticias que trazem esperança, cuidados ou alívios a Uniun College Store se transforma em um agente do bem. E de máscaras a Uniun entende! São peças de estampas personalizadas com a logo do seu curso, empresa ou grupo de amigos. Proteção e estilo andam lado a lado! @uniun_college_store

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here